Continuação... Minha vida pós câncer



    Bem.... como já havia dito a vocês, na edição anterior, estávamos em busca de um diagnóstico mais preciso e já tinha um nome assustador "adenocarcinoma de colo de útero metastático".

    Mas mesmo assim diante do resultado do Pet CT (diagnóstico por imagem), eu teria que me submeter a uma biópsia de um nódulo cervical para ter 100% de certeza em relação ao exame do pet.

    Com o resultado da biópsia, foi marcada uma cirurgia e na ante véspera do procedimento eu tinha que passar pelo anestesista para a aprovação e avaliação das minhas condições físicas naquele momento , e eu estava com uma faringite e o anestesista não aprovou a cirurgia, pois eu não poderia tossir após o ato cirúrgico. Foi então reagendada, como também a prescrição de antibióticos. Após uma semana de tratamento retornei a unidade hospitalar para nova internação e por mais uma vez o anestesista não autorizou o procedimento, por duas vezes foi adiada a cirurgia de retirada do nódulo cervical. O médico disse que não poderíamos mais esperar e teríamos que fazer a cirurgia de qualquer jeito, eles precisavam traçar o tratamento mais adequado o quanto antes, mas só poderia ser feito após o resultado dessa cirurgia e assim após ter sido adiada por duas vezes, finalmente, realizada no dia 8 de maio de 2015. Após o procedimento cirúrgico, foi dado o diagnóstico de 100% compatível com o Pet CT “adenocarcinoma de colo de útero com metástase /linfonodo". Confesso a vocês que não é nada fácil receber um diagnóstico de câncer,principalmente de um câncer metastático avançado, sabia que viria uma grande batalha pela frente mas eu tinha uma grande força e esperança dentro de mim,história na qual irei compartilhar ou melhor testemunhar com vocês uma linda história de fé.

    “Onde a medicina desengana Deus atende aquele que o clama !!!"


    (leia artigo anterior)


    Por Mychelle Mont Serrat Fernandes de Oliveira Cazalenove

    • Facebook
    • Instagram

    © Todos os direitos reservados - JORNAL TEMA

    O Jornal Tema não se responsabiliza pelas matérias ou artigos assinados.
    As opiniões não refletem, necessariamente, a opinião da diretoria deste jornal.

    E-mail: jornaltema@gmail.com

    Dúvidas e sugestões (13) 99116.0050 ou Redação (13) 3561.8382

    Administrado pela ASSECOM Assessoria