Belém poderá ganhar voo internacional para Cabo Verde até 2020



A capital paraense poderá ganhar até o final de 2020 um voo da companhia aérea Cabo Verde Airlines. A primeira conversa sobre a nova rota foi articulada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-Pará) e Secretaria de Turismo do Estado do Pará (Setur-Pará) durante visita do CEO da empresa africana, Mário Chaves, ao 31º Festival de Turismo de Gramado (Festuris 2019), uma importante feira de turismo do Brasil realizada neste final de semana, no Rio Grande do Sul.

“Belém é um destino que não terá muita concorrência e está mais próximo do hub deles. Então, economicamente será muito vantajoso”, defendeu a presidente da Abav-Pará, Rose Larrat, ao informar que a negociação, se for bem encaminhada, poderá render à capital paraense mais um voo internacional e outra porta de saída para a Europa.

As tarifas acessíveis praticadas pela empresa africana são uma das vantagens para as agências de viagens que atuam com o emissivo do Pará, que poderão oferecer aos clientes paraenses novas alternativas para a oferta de pacotes turísticos para fora do país.

Embora seja um contato inicial, o secretário de turismo do Pará, André Dias, informou que a meta será levar a empresa africana para Belém. “A Cabo Verde é uma empresa que está em franca expansão no mundo, operando em várias rotas. A gente sabe que disputa com muitos destinos internacionais, mas vamos encaminhar o descritivo do aeroporto de Belém, com as informações econômicas e turísticas do estado para avaliação da companhia”, informou ele.

Mario Chaves visitou o estande do Pará no Festuris 2019 – “Experiência Pará”, provando um pouco das iguarias preparadas na “Cozinha Show do Pará” pelo chef Luciano Murakami. Com óculos de realidade virtual, experimentou a sensação de estar no Círio de Nazaré, uma das maiores festividades religiosas do Brasil, realizada no segundo domingo de outubro em Belém do Pará.

“A Amazônia é um destino fantástico e merece ser reconhecida. Gostei muito do que vi aqui. Vamos analisar com muito carinho todas as informações que receberemos agora e caso seja possível até o final de 2020 anunciamos o voo”, concluiu Chaves.

O CEO da Cabo Verde também anunciou o início das operações na Ilha do Sal (SID), hub internacional da companhia, para Porto Alegre (RS), que vai conectar Lisboa, Paris e Milão, na Europa a Washington e Boston, nos Estados Unidos.

A nova rota começa a operar a partir de 12 de dezembro, com três voos semanais, saindo de Porto Alegre na terça, quinta e sábado e retornando na segunda, quarta e sexta. A rota será mais uma opção da companhia para os passageiros brasileiros que já contam com voos em Recife, Fortaleza e Salvador.

“Estamos sempre apostando em uma tarifa competitiva, temos stopover na Ilha do Sal, que permite conhecer dois destinos numa mesma viagem. Além disso, Cabo verde tem uma ligação histórica com o Brasil com uma cultura fortíssima e a primeira igreja do mundo, descoberta em 1456, muito antes do Brasil e do restante da África, além de sermos o Caribe da Europa e com bons atrativos de aventura”, disse ele.


Texto e fotos: Julie Rocha

Da Redação do Prazer em Viajar, Abrajet-Pará e assessoria da Abav-Pará

Instagram.com/prazeremviajarpa

  • Facebook
  • Instagram

© Todos os direitos reservados - JORNAL TEMA

O Jornal Tema não se responsabiliza pelas matérias ou artigos assinados.
As opiniões não refletem, necessariamente, a opinião da diretoria deste jornal.

E-mail: jornaltema@gmail.com

Dúvidas e sugestões (13) 99116.0050 ou Redação (13) 3561.8382

Administrado pela ASSECOM Assessoria