5 alimentos coringas durante o tratamento oncológico


Uma alimentação equilibrada, rica em hortifrutis e que tenha como base alimentos minimamente processados é imprescindível para um bom prognóstico e qualidade de vida do indivíduo durante o tratamento. Contudo, existem alguns alimentos que auxiliam na prevenção e na minimização de alguns sintomas e até mesmo que contribuem para a contenção do crescimento tumoral, potencializando o tratamento tradicional.

Os compostos bioativos existentes dentro de alguns alimentos são substâncias capazes de agir de diferentes maneiras no nosso organismo, modulando processos e respostas fisiológicas, diminuindo a inflamação, contribuindo para a eliminação de substâncias tóxicas e com potencial carcinogênico, estimulando a morte celular de células tumorais.

Dentre estes alimentos separei 5 que não podem faltar na sua casa e muito menos na sua alimentação.

GENGIBRE: anti-inflamatório, tem potencial antiemético e digestivo. Contribui para alívio de sintomas como refluxo, azia, sensação de empachamento e náuseas. Pode ser consumido em preparações doces e salgadas e em chás.

CÚRCUMA: é um excelente anti-inflamatório e antioxidante, contribui para a inibição do crescimento tumoral e desativa genes relacionados ao câncer, como no caso do câncer de estômago. É excelente para a imunidade e você pode agregá-la em preparações salgadas, sucos e chás.

LIMÃO: Rico em vitamina C, é um poderoso antioxidante e estimula a produção de células de defesa, elevando a imunidade. Contribui, também, para aumentar a absorção de ferro dos alimentos, podendo ser consumido em diferentes preparações doces e salgadas, chás e como tempero.

COUVE MANTEIGA: Rica em magnésio, vitaminas do complexo B e vitamina C, contribui para a imunidade e para diminuir o sintoma de cansaço e fadiga. Contém sulforanos, os quais ajudam na eliminação de substâncias com potencial cancerígeno e induz a morte celular de células tumorais. O ideal é que a consuma crua, em forma de salada ou sucos.

LINHAÇA: Tem ação anti-inflamatória e é rica em fibras, contribuindo para o funcionamento intestinal, normalização do colesterol e glicemia, além de evitar a hiperinsulinemia, fator relacionado à contenção do crescimento tumoral de alguns tipos de câncer. A linhaça é uma fonte vegetal de ômega 3, gordura muito utilizada durante o tratamento para diminuir padrão inflamatório, inibir crescimento tumoral e perda de massa muscular. Você pode consumi-la em sucos, em cima das frutas e iogurte ainda usar a sua farinha para diferentes receitas.


RECEITA

Suco verde

1 xícara de couve manteiga

1 manga bem madura

Suco de 1 limão

1 colher de chá de gengibre

1 colher de sopa de linhaça

1 colher de chá de cúrcuma

Hortelã a gosto

Modo de preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador e servir gelado.


Nutricionista Aline Barreiros é formada em Técnico em Nutrição e Dietética pelo centro Paula Souza, Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), especialista em oncologia pela Residência Multiprofissional do Hospital Sírio Libanês e pós-graduada em Nutrição e Alimentação Funcional pela Faculdade Método de São Paulo (FAMESP).

Posts recentes

Ver tudo

Coronavírus: O que fazer?

Estes últimos dias foram de alarde no nosso país: o coronavírus chegou e muitos especialistas falam em uma pandemia. As pessoas mais suscetíveis são os idosos ou aquelas com doenças crônicas e imunida

  • Facebook
  • Instagram

© Todos os direitos reservados - JORNAL TEMA

O Jornal Tema não se responsabiliza pelas matérias ou artigos assinados.
As opiniões não refletem, necessariamente, a opinião da diretoria deste jornal.

E-mail: jornaltema@gmail.com

Dúvidas e sugestões (13) 99116.0050 ou Redação (13) 3561.8382

Administrado pela ASSECOM Assessoria